A APRAM assinala até agosto de 2020 a regionalização dos portos madeirenses, considerada crucial para o desenvolvimento e competitividade da região.

O Decreto-Lei foi publicado a 18 de agosto de 1979. A data foi assinalada pelo Governo Regional num colóquio, realizado no passado dia 19 de agosto, que juntou três protagonistas da regionalização: o então Presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, o ex-Diretor Regional dos Transportes, Miguel de Sousa que conduziu a negociação com Lisboa e o primeiro Diretor Regional dos Portos, Duarte Gomes.

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque encerrou este colóquio, apontando como como prioritária a ampliação do Porto do Funchal, cuja possibilidade de financiamento, através de um fundo internacional, está a ser estudada.

No próximo ano, está previsto o lançamento de um livro sobre a História dos Portos da Madeira, onde será incluída a fase da regionalização.

Esta publicação que contou com o empenho e entusiasmo da Secretária Regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, deverá ser financiada pela Comissão Madeira-600 anos.

Os 40 anos da regionalização dos portos da Madeira está também a ser recordada numa tela dependurada na primeira varanda da Gare Marítima da Madeira que estará patente até agosto de 2020.

Ainda para assinalar a data, a APRAM mandou fazer um carimbo que está a ser colocado em toda a correspondência emitida pela empresa.

A propósito da data, foi também elaborado um vídeo sobre a evolução do porto do Funchal.

FaLang translation system by Faboba