A Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira - APRAM assinala nesta segunda feira, dia 30 de novembro, 20 anos de passagem do navio “Oriana” pela Madeira, já que em 1995, na viagem inaugural, o Funchal foi o primeiro porto de escala. Recorde-se que, na altura, o navio da companhia P&O Cruises foi considerado um dos maiores do mundo e o maior construído nos estaleiros da Alemanha desde 1914. 

Nessa primeira passagem pela Madeira, o "Oriana" pernoitou no Porto do Funchal e trouxe um grande movimento à baía e à baixa funchalense. No mar, várias embarcações, além dos rebocadores da APRAM, saudaram a chegada do navio, e milhares de pessoas deslocaram-se a locais da cidade como a Avenida do Mar, o Cais e o Parque de Santa Catarina, pontos estratégicos para apreciar a grandeza do "Oriana".

Ao longo dos anos, aquele que em 1995 tinha sido considerado um "gigante dos mares", sofreu várias remodelações, A mais recente foi já este ano, tendo sido desenhada na proa uma grande bandeira britânica e a tradicional cor amarela da chaminé substituída por azul escuro e um estilizado sol nascente dourado, o logotipo da companhia. Esta é, aliás, a nova imagem da P&O Cruises que será transposta para toda a frota da companhia até 2016.

O “Oriana”, com registo nas Bermudas, chegou hoje ao Porto do Funchal pelas 8h00, com 1798 passageiros e 808 tripulantes a bordo. Parte por volta das 17h30, com destino a La Coruna.

 

 

FaLang translation system by Faboba